41

 

 

Gosto de bancos de jardim

Do da foz que fica virados para o mar

Sente o ar fresco do ar, os salpicos, e o calor na pele do sol

Passo por eles com  a lamentaçao de nao ter tempo para eles

Para eles repousar

 

Quando o tempo chega... pouco tempo fico

Nao consigo acompanhar a sua calma

Nao tenho paciencia para me concentrar em dislumbrar

Gostava tanto de por vezes nao pensar

olhar o mar e sentir... so sentir

 

publicado por sandra às 12:17 | favorito
tags: