60

 

 

 

Cá vos deixo mais uma página da minha vida... e assim o livro vai ganhando mais vida.

 

 

Ontem infelizmente uma conversa telefónica não correu bem com o meu menino. Por algo estúpido. Embirramos e não acabou da melhor forma. Não me apetecia flar com  ele nas proximas horas, nem sei se nos proximos dias. Fiquei pronta a explodir. Já não iamos sair... tinha a hipótese de ficar em casa e a de dar uma volta nem que fosse sozinha, quando estou com a neura não gosto de contagiar o mundo com ela. Fiquei orgulhosa de mim por não ficar a remoer a discussão em casa a ver um filme que não me iria captar a atenção. Fui á prainha com uma amiga, fizemos um passeio agradável e o gelado soube me a milhões. Se estava triste?Claro que estava, muito, ele é o meu amor, é impessável perdê-lo. Mais tarde conversa mos e tudo se exclareceu. Nem tudo tem explicação e as atitudes tomadas por implusos magoam muito. hum O importante é que se entenda que está errado e que com pequenas coisas magoamos muito quem nos ama. Com mimos  se resolveu.

 

Tenho dúvidas sobre o desfecho desta conversa se eu não tivesse espairecido de tarde. Se tivesse estado em casa concerteza que estava de mau humor, tinha passado uma tarde de seca, e mais chateada com ele estaria. Sim... Foi melhor, assim nao falou a magoa, nem os nervos... falou a racionalidade com a ajuda do coração.

 

 

 

 

 

 

publicado por sandra às 15:06 | favorito