Por tão pouco

 

O Perfeito é demasiado sensível. Um pico de rosa fere incrivelmente mais profundo. por te amar tanto não entendo o que custa não te dares totalmente sem esperar em troca, sem achares que ao dares estar a habituar mal, ceder demais. Custa entender, magoa sentir que faço por tudo para estares feliz e ao pequeno capricho meu ... tu ... achas estranho eu pedir a ti se posso fazer eu mesma. Pode ser capricho, só para ti seria ´so um gesto e para mim seria muita felicidade. Tu nao entendes porque eu quero e nao entendo porque nao me fazes a vontade. Digo que no amor nao se deve cobrar tudo o que se dá ... acabo po te cobrar que dês tambem... Pequenas coisas que nso deixaram o dia sem falar, mudos o dia inteiro. Isso mata me, nao tneho feitio para estar calada ao teu lado mais que 10 min... cada minuto que passa me doi ainda  ainda a peque na coisa coisa que nso deixou assim  e trona se um enorme problema e uma dor que nao me deixa dormir. Deprimida me sinto porque nao queria estar chateada contigo. Já nao estou triste pela birrice que eu queria que fizesses mas sim por estarmos chateados o dia todo. Fiquei com a ferida!! Para mim é mais fácil dizer tudo o que se pensa na altura e pronto ja passou paassado uma hora de amuo. Para ti qando te chateas nao queres e nao falas do assunto, porque nao queres ouvir nem dizer algo que nao seja o que se sinta.

Não sei como resolvemos esta diferença entre nos, nao sei como fazemos para ficarmos bem depois das birras... se temos maneiras opostas de lidar com a soluçao... Sinto me cinzenta...

 

 

Ah!! Estou de férias... vou tomar café com uma amiga que me deixa sempre animada com as nossas conversas .. espero voltar melhor.

 

 

 

publicado por sandra às 14:16 | favorito
sinto-me: