Amizades

 

 

 

 

Ou sou eu que sou muito exigente ou as pessoas já não se sabem dar. Já não existem amizades completas de corpo e alma. Dizem que é da vida, do dia a dia de agora ser mais complicado, talvez, so sei que quando realmente tem se tempo continuam a não sabem partilhar a vida, não sinto que tenham vontade. Marca se um café... e de um café não passa. Fala se do banal, do que aconteceu de novo, novidades boas porque as más ninguem conta, não querem que sabiam que não sao perfeitos e que a vida nem sempre corre bem, seria um ponto fraco. Mas isso é que seria uma amizade, ou nao? Estar com os amigos e falar do bom e do mau, sentir que ficam felizes com o bom e prontos a ajudar no mau. A serio que me chateia que os cafes seja mera cortesia de uma vida em sociedade. Chateia me que as pessoas não partilhem quando não estao bem, simplesmente desapareçam durante uns tempo... como por  vergonha que se sabia que estao mal, chateia me quando compram algo porreio marquem cafes para falar disso. Que seca, onde estão as pessoas transparentes?? 

Para mim isso não são amizades... por isso hoje tenho dúvidas, que amigos tenho.

Não queria dar razão ao meu +ktudo, para ele as pessoas só olham p ara o umbigo delas, gostam de saber da vida dos outros por curiosidade e não por estarem interessados em ajudar se for preciso, nem para festejar as alegrias... por não se alegram por ai alem. Ele não se chateia com isso, para ele chega entre nos seja tudo partilhado até ao ultimo suspiro e assim é. Eu sou mais sociável, gostava que todos tivessem o coração mais aberto.

publicado por sandra às 12:54 | favorito
tags: